Please reload

Posts Recentes

O vizinho não quer consertar o vazamento, e agora?

August 7, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Restauração de fachadas: tudo o que você precisa saber

March 15, 2018

Sabe aquela história de julgar um livro pela capa? Pois é! A fachada de um prédio é seu cartão de visitas e a principal responsável por fazer as pessoas desejarem ou não morar nele. Quando necessária, a restauração de fachadas exige serviços que devem ser acompanhados por profissionais especializados para garantir a aplicação das melhores técnicas para cada tipo de problema.

 

Somente desta forma, a recuperação de fachadas ou sua renovação corre bem menos risco de dar errado.

Sempre lembrando que ter uma fachada bem conservada, além de contribuir para a boa aparência do condomínio, preserva a segurança dos moradores e vizinhos.

 

Quase todos os problemas que demandam uma renovação de fachadas têm origem na construção do prédio, seja por emprego de materiais incorretos, seja por mão de obra desqualificada.

 

Destacamento de revestimentos:

Sejam cerâmicas, tijolos aparentes ou pastilhas, se na ocasião da construção a argamassa de assentamento não for bem dosada, utilizada no tempo correto e aplicada sobre uma superfície limpa e isenta de pó, em algum momento o revestimento destacará. E pior: Poderá cair provocando graves acidentes.

 

Proteger a fachada com telas que impeçam a projeção dessas partículas e isolar ou proteger a passagem de pedestres é o primeiro passo para a solução do problema. A recuperação da fachada envolve a troca das peças soltas e pode ser parcial ou total.

 

Infiltrações:

Vazamentos em tubulações de água, instalação de banheiras ou falhas nos acabamentos podem contribuir para a deterioração da alvenaria das fachadas. Quando detectadas, essas infiltrações já causaram grandes estragos.

 

Os serviços de reparo baseiam-se, antes de mais nada, em achar a causa da infiltração e cessá-la. Depois ocorrerá o reparo pelo lado de fora, que pode consistir em uma simples repintura.

 

Trincas e rachaduras:

A pequena movimentação das construções, ocasionada pelo assentamento de suas fundações, pode submeter as fachadas a forças não previstas, ocasionando trincas e rachaduras que, a princípio, podem ser assustadoras.

 

Só um profissional habilitado poderá avaliar se há algum comprometimento estrutural ou não. Para o último caso, preencher os vãos das trincas com elementos flexíveis e refazer o acabamento da superfície são ações que podem resolver o problema.

 

Ferragens exposta:

Vento e chuva são os grandes responsáveis pela exposição de ferragens, fato que ocorre, na maioria das vezes, em edifícios mais antigos. Seguindo o mesmo princípio da erosão, a camada de concreto que recobre as ferragens e tem cerca de 3 a 4 cm, vai se deteriorando e, se não for rapidamente tratada, permite o início do processo de oxidação das ferragens.

 

O tratamento deve ser iniciado com a aplicação de produtos específicos que interrompem esse processo. Só então o recobrimento pode ser refeito.

 

Cuidado para não maquiar os problemas com uma nova e reluzente pintura. Fique atento! Empresas oportunistas omitem a existência de problemas na fachada para propor preços mais competitivos e ganhar a obra. Aqui, o barato sai caro.

 

Por isso, é importante a contratação de um perito para analisar a fachada antes da repintura e determinar se ela é suficiente ou se serão necessários outros processos para sua recuperação.

 

Cuidados especiais e valorização do imóvel

Tenha especial atenção para fachadas voltadas para o sul. Normalmente, elas recebem maior contribuição de ventos e umidade.

 

Não podemos deixar de falar sobre a necessidade de renovação das fachadas nos prédios mais antigos. O principal objetivo é a busca da valorização do imóvel, não deixando transparecer a idade da construção.

 

Para esses casos, o grande desafio do síndico, além de adequar o custo da obra à realidade financeira do condomínio, é obter anuência de 100% dos condôminos.

 

Esse trabalho precisa ser muito bem feito, ilustrando para todos, que a obra se reverterá em expressivo aumento do preço de todos os apartamentos.

 

Fonte: Blog Filbersals

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga