Please reload

Posts Recentes

O vizinho não quer consertar o vazamento, e agora?

August 7, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Infiltração é vício oculto?

June 28, 2018

A infiltração é uma dor de cabeça para qualquer pessoa, inclusive para o condomínio. Esse problema é difícil de identificar, e, quando isso acontece, a situação, geralmente, já está mais grave. Mesmo assim, muitas pessoas têm dúvida se a infiltração é vício oculto, uma vez que é possível ver seus sinais.

 

O que é vício oculto?

 

Vício oculto é aquele que não é passível de fácil detecção à primeira vista ou em curto período de tempo. Quando se visita um imóvel, ele nem sempre revela todas as suas patologias. Somente com o uso pelo tempo ou com análise minuciosa se identifica um vício oculto. O vício oculto é também chamado de defeito construtivo. Ele é diferente do vício aparente, que é quase que imediatamente verificável, como um piso colocado torto ou um vidro quebrado.

 

Infiltração é vício oculto?

 

A infiltração é considerada um defeito construtivo. Então, infiltração é vício oculto. Mas atenção: dizer que é um vício oculto não significa que ele seja causado pela construtora. Muitas vezes, o problema pode ocorrer por falta de manutenção por parte do proprietário e/ou condomínio ou até mesmo por reparos ou instalações mal executadas durante a sua utilização.

 

Infelizmente, esse é um problema detectado com o passar do tempo. Quando nos deparamos com uma mancha escura no teto ou na parede, sinais de mofo ou pintura descascada, já precisamos ter em mente que a infiltração está ali há algum tempo. Esse “sintoma evidente” aparece quando a situação está avançada. E nunca é demais destacar que infiltração é um problema sério, porque afeta a solidez do imóvel, sendo um problema estrutural.

 

De quem é a responsabilidade pela infiltração?

 

Contratar um técnico para conseguir encontrar a origem da infiltração é fundamental, e isso deve ser feito rapidamente assim que os sinais aparecerem (mofo, manchas etc.) para evitar que a água penetre mais na sua unidade e na dos vizinhos próximos e gere prejuízos maiores.

 

Em geral, a origem das infiltrações é um vazamento, uma fissura no revestimento, uma falha na impermeabilização... Mas de quem é a responsabilidade pelo reparo? Tudo vai depender da origem do problema. Se for por um erro de execução da obra, a executora é a responsável, desde que comprovado que não houve alteração por parte do proprietário e/ou condomínio, que o sistema esteja no prazo de garantia e o usuário tenha providenciado as manutenções preventivas.

 

Se o vazamento ocorre por culpa do proprietário ou inquilino (perfura um cano na hora de fazer uma pequena reforma, por exemplo), ele será o responsável pelo reparo. Mas se o problema decorre do desgaste natural dos materiais, o proprietário deverá custear o reparo.

 

Assim, se uma infiltração no seu apartamento causar danos para vizinhos ou para as áreas comuns do edifício, você será responsável por custear as obras de conserto. Em alguns casos, o condomínio providencia a obra e cobra o reembolso do proprietário.

 

Em síntese, infiltração é algo perigoso. O síndico ou o morador deve adotar providências rapidamente para que o prejuízo não seja maior para a estrutura da edificação. Em cada caso, existirá um responsável; fique atento!

 

Fonte: fibersals.com.br

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga