Please reload

Posts Recentes

O vizinho não quer consertar o vazamento, e agora?

August 7, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

Não esqueça do Laudo Técnico de Inspeção Predial! Ele também é obrigatório.

August 21, 2018

Síndicos e proprietários de prédios que possuam idade superior a 5 anos, a contar da data de emissão da Carta de Habitação (Habite-se), devem protocolar na sede do Escritório de Licenciamento (rua Siqueira Campos, 805), dirigido à Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade (Smams), o Laudo Técnico de Inspeção Predial (LTIP), conforme a Lei Complementar de Porto Alegre nº 806 de 27 de dezembro de 2016.

 

Para atender à determinação, o responsável pelo imóvel deve contratar um engenheiro ou arquiteto para realizar a vistoria e emitir o respectivo laudo. Importante: este documento não isenta os proprietários de apresentarem outros laudos, conforme exigências de legislações específicas – Laudo de Proteção Contra Incêndio, Laudo de Estabilidade Estrutural e Licenças para Cercas Elétricas e Elevadores, por exemplo.

 

Caso seja observado algum item que deva ter uma ação de manutenção ou correção, o proprietário terá até 180 dias para providenciar, devendo efetuar nova vistoria e apresentar o LTIP Conclusivo.

 

O condomínio infrator, ou seja, o que não apresentar o LTIP, estará sujeito à multa de duas Unidades Financeiras Municipais (UFMs) por metro quadrado da área total construída da edificação e de quatro UFMs caso forneça informações falsas no LTIP. Exemplificando: um prédio com 2.000,00m² de área construída pagará uma multa aproximada de R$ 8.000,00. Ou seja, um valor muito superior ao custo da contratação de um profissional ou empresa habilitada para a vistoria e elaboração do respectivo documento.

 

Entre em contato com os profissionais de Verum Engenharia Diagnóstica e receba um orçamento para o LTIP de seu prédio.

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga