Please reload

Posts Recentes

O vizinho não quer consertar o vazamento, e agora?

August 7, 2018

1/10
Please reload

Posts Em Destaque

A importância da inspeção predial

October 7, 2018

Problemas hidráulicos ou elétricos, rachaduras e infiltrações podem atingir todo tipo de condomínio e costumam ser motivo de "dor de cabeça" para síndicos e moradores. Isso pode acarretar problemas financeiros e estruturais, sem falar nos conflitos de relacionamento entre moradores, caso o problema não seja resolvido em tempo. Em curso do Secovi Londrina, o engenheiro civil Jairo Negro tratou da importância da manutenção e inspeção corretas nos condomínios. Saiba mais sobre o assunto: 

 

COMO SE FAZ UMA INSPEÇÃO PREDIAL 

A inspeção predial é uma vistoria que necessita de profissional especializado no assunto, com visão sistêmica da edificação, bem como conhecimentos técnicos sobre materiais, sistemas e funcionamentos. 

Lembramos que esta vistoria tem como produto um laudo e que o mesmo deverá, obrigatoriamente, conter: 

- Classificação das anomalias e/ou falhas quanto ao grau de risco e urgência. 

- A depender do tipo de inspeção contratada, deverá também conter uma lista de prioridades técnicas com orientações, de acordo com as anomalias e/ou falhas constatadas. 

- Classificação do estado de conservação da edificação. 

O QUE SE DEVE INSPECIONAR E COMO 

O engenheiro ou arquiteto deverá inspecionar a edificação como um todo,  não cabendo levantamentos de dados por amostragem ou vistorias parciais, exceto em caso de problemas pontuais em que o condomínio não necessite de uma vistoria completa. 

Isso significa que, por exemplo, em casos de vistoria em instalações elétricas, todos os quadros elétricos deverão ser abertos e verificados, de acordo comum. 

Para vistorias em sistemas civis ou hidráulicos, deve-se inspecionar todos os elementos visíveis e verificar as anomalias e/ou falhas que indicam perdas de desempenho ou outros problemas em trechos não aparentes, como é o caso de manchas de infiltração de água junto a tubulações hidráulicas. Se esta tubulação for de ferro galvanizado, por exemplo, e tiver mais de 15 anos, é provável que haja perda de desempenho já avançada, pois a vida útil prevista para esse tipo de sistema, feito com esse material, é em torno de 15 a 20 anos. 

Portanto, os sistemas e equipamentos passíveis de inspeção, seja qual for o nível contratado, são, basicamente: 

- Estrutura, alvenaria, revestimentos, instalações hidráulicas, combate a incêndio e gás, instalações elétricas e para-raios, ar-condicionado, ventilação forçada (exaustores e ventiladores), esquadrias, elevadores, bombas e outra máquinas, piscinas e outros equipamentos de lazer, incluindo condições de playground e paisagismo. 

 

Fonte: Folha de Londrina

 

 


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga